Comentarios del lector/a

Falha No Tinder Poderá Publicar Fotos E Matches; Empreenda

"Lucca" (2018-03-07)

En respuesta a maca peruana
 |  Publicar respuesta

O principal colunista do maior jornal do país não sabe quantas pessoas leram teu artigo de anteontem. Todavia eu imagino quantas me leem e imagino que desta vez foi mais que o habitual. Sei mais. Entendo quantos acessaram meu texto a partir do Bubot, ferramenta que emprego para falar sobre este tema o hiperlink dos meus textos no Facebook e Twitter: 6581 pessoas.


Com o Bubot, consigo visualizar a velocidade com que este compartilhamento ocorre, minuto a minuto, se quiser, se for tão ansioso. Sei bem como quem compartilhou o texto com seus próprios seguidores no Twitter. Quem comentou a respeito ele nas mídias sociais, quem pitacou o quê e, claro, quem argumentou aqui no respectivo web site. Está tudo registrado e dei uma olhada panorâmica. Das pessoas Net combo nethd.com.br que expressaram tua opinião sobre o que escrevi, sei quem aplaudiu, quem discordou com fortes ou fracos argumentos, e quem simplesmente é um idiota.


Como o texto chegou a tanta gente tão rapidamente? Quota pela potência do R7, que destacou o texto na sua homepage, e twittou o link. Parte na minha própria importancia. Por causa de, um pouco de propósito e um pouco por sorte, fui desenvolvendo minha própria rede de relacionamentos pela internet. Não segui nenhum manual como influenciar pessoas na web.



  1. Realmente compensa esperar uma oferta de último minuto

  2. Costa Rica oitenta,9%

  3. Velocidade de Download (daquilo que você baixa na sua máquina)

  4. Desligue os dispositivos eletrônicos

  5. Ricardo dezesseis de maio de 2015 Responder

  6. 8° recinto - 25.355 pts



net combo

Não escolhi um conteúdo afim de continuar batendo. Não planejei estrategicamente ser um influenciador. Tenho hoje oito.379 seguidores no Twitter e 1.774 amigos no Facebook, uma rede de mais de 10 mil pessoas. Não é tanto quanto uma celebridade, não é a média das pessoas. Razoável, pelo motivo de não sou celebridade, e não estou na média.


Como eu sei que não estou pela média? Uma nova engenhoca chamada Schmap me contou. Em segundos, ela analisa seu perfil no Twitter, e diz quem são seus seguidores. Com algoritmos (uns endiabrados duendes digitais). O relatório abaixo fiz hoje, entretanto diz respeito ao dia onze de novembro. O Schmap é deslumbrante, porém não entrega as informações do dia.


Tem limite para tudo. Brasil, quatro,2% nos Estados unidos cinquenta e três,9% em São Paulo, 10,4 por cento no Rio 57,8% homens 69,1% falam inglês trinta e nove,5% twitam de uma a 5 vezes por dia. E por aí vai, até surgir em cientistas e modelos (8 de cada!). Faria sentido que no Facebook o perfil dos meus amigos seja idêntico, talvez com presença ainda superior de jornalistas e profissionais de intercomunicação em geral, por causa de, claro, é isso que eu faço. E tem cabimento sonhar que os meus leitores fiéis do blog sejam até mais influenciadores.


Não sou colunista de fofocas da Tv, futebol, inovação ou finanças pessoais. Ninguém sabe se no dia seguinte vou escrever a respeito de uma música, a padaria da esquina, ou a instabilidade do capitalismo. Se chegou até neste local é porque se interessou sobre o que escrevi neste post, direito? Para saber mais dicas sobre, recomendo um dos melhores web sites sobre o assunto este conteúdo trata-se da fonte principal no assunto, veja aqui net. Caso necessite poderá entrar em contato diretamente com eles pela página de contato, telefone ou email e saber mais. Fica penoso conservar fidelidade a um cara que atira pra todo lado, dia sim dia não. Contudo foi o que ocorreu.


Quem sabe seja pelo motivo de eu mantenho todo dia ao menos uma coisa: a aplicação de não digitar nada que você possa ler em outro ambiente. Minha situação ilustra perfeitamente a nova sentença chave dos teóricos da web. O coração da nova vida digital não é o Facebook, o Twitter, o Flickr, o Linkedin, o Orkut, o YouTube, o teu website ou tuas mensagens de texto ou seus emails: VOCÊ é a plataforma. Dessa forma, quando eu tenho alguma coisa a manifestar, minha voz chega distanciado. Visto que as pessoas com quem me relaciono na internet também têm algo a discursar, e juntas nossas vozes falam muito alto.



Añadir comentario